Arquivo da tag: joel edgerton

O Grande Gatsby

gatsbycinema10.dicaprio great_gatsby_ver4_xlg

Imagine o poder como algo que lhe escorre pelos dedos, frio e suave.

Imagine todo o controle do mundo preso por um único e frágil fio.

Imagine-se por um segundo como Deus.

Gatsby sonhou que poderia manter em cada mão o poder e o amor, controlando- os de forma colaborativa, equilibrada, como duas ogivas nucleares instáveis. Então o que pode acontecer quando você doma cavalos indomáveis? Qual o seu limite em manter a força que os guiam?

É um filme cativante e perturbador, de uma beleza terrivelmente monstruosa, de como o desejo e a realidade caminham paralelos e nunca se tocam e sonhar é a única forma de criar uma junção entre dois mundos tão distintos e sombrios.

Vale à pena assistir!

Sinopse

Nick Carraway (Tobey Maguire) tinha um grande fascínio por seu vizinho, o misterioso Jay Gatsby (Leonardo DiCaprio). Após ser convidado pelo milionário para uma festa incrível, o relacionamento de ambos torna-se uma forte amizade. Quando Nick descobre que seu amigo tem uma antiga paixão por sua prima Daisy Buchanan (Carey Mulligan), ele resolve reaproximar os dois, esquecendo o fato dela ser casada com seu velho amigo dos tempos de faculdade, o também endinheirado Tom Buchanan (Joel Edgerton). Agora, o conflito está armado e as consequências serão trágicas.

A Estranha Vida de Timothy Green (2012)

Timothy-Green-Cartaz1-550x785

Uma vez disseram-me que acreditar em tudo era tolice, uma ilusão. Uma vez eu disse, “não acreditar em tudo no que queremos acreditar é a verdadeira ilusão”.

 

Precisamos acreditar.

 

Quando queremos algo de todo o coração, quando precisamos nos apoiar em algo para não cair, quando nada puder ser explicado. Simplesmente acredite. Por que tudo pode acontecer e nada é realmente impossível.

 

O filme “A Estranha Vida de Timothy Green” Vai te mostrar as inúmeras formas de encontrar esse sentimento roubado cada dia mais de nossas vidas. À medida que crescemos e somos minados de nossas crenças infantis. Transformados em pessoas secas e sem vida.

 

Pensei muito sobre assistir esse filme e depois posta-lo aqui no blog, depois de tantos filmes incrivelmente cultos e críticos. Uma obra infantil sem muitas pretensões para o Oscar não seria algo muito atrativo para qualquer leitor culto e cético. Mas afinal de contas, ser feliz é alguma perda de tempo? Sentar-se junto a uma criança e ouvi-la com sinceridade é algo idiota? Assistir um filme que conta a historia de um garotinho de folhas nos calcanhares que nasceu na horta dos pais pelo simples desejo de ter um filho é ter certeza de que não passa de pura fantasia? Presumo que não.

 

Por isso, acho que valeu a pena escrever algo e dividir essa boa escolha, somente porque eu acreditei.

Sinopse

Um casal sem filhos enterra uma caixa em seu quintal, contendo todos os seus sonhos e desejos para uma criança. Logo, nasce Timothy Green, que, no entando, é muito mais do que parece, trazendo com ele uma magia que vai mudar a maneira de todos sentirem o amor. Estrelado por Jennifer Garner, Joel Edgerton e Cameron C.J. Adams. A direção é de Peter Hedges.