Arquivo da tag: sorriso

Tem Horas?

article-0-1659C3DD000005DC-276_964x955

– Com licença, tem horas? – Disse ele, tocando-lhe gentilmente o ombro esquerdo.

Sobressaltada, tirou os fones de ouvido. – Desculpe?!

– Eu perguntei se você tem horas?

Tirou o telefone do bolso da calça.

– Dez para as três.

– Obrigado.

– Por nada. – Aproveitou e deu uma olhada rápida nas atualizações do face e o guardou novamente no bolso do jeans. – Por que? Continuar lendo Tem Horas?

Anúncios

Tudo Pelo Seu Sorriso

feliz

Se existe um idiota nesse mundo capaz de loucuras para ver um sorriso na cara de alguém, esse maluco sou eu.

Posso não lhe conhecer, nunca tê-lo visto na vida, mesmo assim, vou tentar fazê-lo sorrir uma única vez se for possível. Pode parecer um cara qualquer com uma cantada barata, alguém querendo se promover ou um maníaco tentando atraí-lo para uma cilada mortal, mas na realidade só sou alguém que odeio a infelicidade.

Detesto pessoas tímidas e tristes, homens sérios e mulheres reprimidas. Tudo isso me lembra dum tempo que rir era um pecado. Ser feliz era como ser egoísta enquanto todos à minha volta choravam e remoíam suas dores. No entanto eu aprendi que sorrir é como uma luz que nasce, não sei de onde, e se expande e toma mais espaço, incendiando os corações mais próximos.

Então, não me intérprete mal. Eu só o quero feliz.

Vou imitar vozes irritantes, falar bobagens, fazer caretas e ate mesmo te fazer cócegas, mas nunca, em hipótese alguma, vou desistir de um sorriso seu.

Simples e Sem Problemas

torre01 (6)

Há algum tempo atrás as coisas não estavam saindo como eu esperava. Sinceramente, estava tudo indo por água baixo. Amor, dinheiro, futuro, tudo isso estava se acabando, ou nem se quer chegara existir. A vida era uma droga!

É fácil pensar assim quando o nosso ego escurece tudo os redor. Claro que irei começar esse assunto com o velho clichê de que devemos ser gratos pelo o que temos e lidamos sendo que no mundo existem pessoas em piores condições que a gente. No entanto, só isso não adianta para minimizar as tribulações. O que eu poderia fazer de útil então alem de ficar desfiando ensinamentos idiotas dos positivistas?Sorria, somente sorria.

Sempre pareço louco por dar esses conselhos, mas algo no sorriso pode melhorar muito o seu mundo. Não somente rir da desgraça, mas achar engraçado como valorizamos tantas coisas e nos deixamos levar por elas. Como o materialismo é o medidor do humor e como é bom se sentir útil. As infelicidades da vida são tão fáceis de conseguir que nem preocupamos como podemos ser felizes.

Já tentou hoje ser quem você é realmente? Caminhar depois do trabalho somente pelo prazer de ver como a cidade mudou? Ligar para um velho amigo e marcar um café? Ler um livro somente por prazer? Desligar a tevê e conhecer os vizinhos melhor, conversando por cima da cerca coisas banais e idiotas? Já pensou em ser uma pessoa comum?

Os problemas existem em uma estrada, então porque não percorrer outra? Tente isso hoje! Faça tudo o que você deseja fazer, e não faz por medo de tentar! Aprecie as coisas bobas da vida e não queira mais do que você pode levar consigo! Seja uma pessoa simples e sem problemas.

Hedwig: rock, amor e traição (2001)

Existe uma antiga lenda sobre a origem do amor.

a muito tempo, antes de tudo o que conhecemos como real existisse, haviam criaturas de um unico corpo e de duas almas. Um dia os deuses, tomados de ira e inveja, dividiram essa criatura em duas e as separam pelo mundo, amaldiçoando-as a viver uma vida solitaria e incompleta.

Foi dessa lenda que surgiu a expressão “alma gemea”.

o filme “Hedwig: rock, amor e traição” fala com muita musica, otima atuação e excelente fotografia sobre como procuramos nós completar na procura desse amor roubado.

bem, não irei falar muito sobre o filme. Espero que alguem o assista e possa compartilhar sua opnião com os demais leitores.

Bom filme pessoal!!!

Sinopse

Hansel é um jovem que mora em Berlim Ocidental e que sonha em se tornar uma grande estrela do rock nos Estados Unidos. Até que ele conhece um belo americano que lhe promete amor e liberdade e que pode fazer com que todos os seus sonhos se tornem reais. Mas para ir para os Estados Unidos juntamente com ele Hansel precisará fazer uma operação de mudança de sexo, pois somente assim com ele poderá se casar. Assim nasce Hedwig (John Cameron Mitchell), que chega a Kansas no mesmo dia em que o Muro de Berlim é derrubado. Preparando-se para dar início à sua carreira, Hedwig utiliza pesada maquiagem, uma peruca a la Farrah Fawcett e forma sua própria banda, chamada The Angry Inch. Porém, Hedwig logo se apaixona por um garoto de 16 anos chamado Tommy Gnosis (Michael Pitt) que acaba lhe dando um golpe e roubando suas canções, tornando-se assim a estrela do rock que Hedwig sempre sonhou ser. Recusando-se a ser derrotada, Hedwig começa então a cantar juntamente com sua banda em restaurantes e bares, buscando o reconhecimento por seu trabalho.