Arquivo da tag: haley joel osment

A Corrente Do Bem (2000)

pay-it-forward-2000-movie-poster

E se eu lhe disser que com três simples favores você pode mudar o mundo?

Essa é a idéia genial de Haley Joel Osment no filme “A Corrente do Bem” (Pay it Forward 2000). Num filme emocionante que te prende mais por sua simples genialidade do que por qualquer outra coisa, vemos a mente de um jovem idealizador confrontada pela lição de casa no seu primeiro dia de aula: “ter uma idéia para mudar o mundo e colocá-la em pratica”. Pode parecer simples, mas não é! Essa é a mágica do filme.

O mundo não mudou até hoje por esperamos por grandes ações, de grandes pessoas, na esperança que de súbito o mundo acorde de outra forma, como num grande passe de mágica. Mas não tomamos conta de que pequenas ações partindo de cada um de nós é a única forma de transformar tudo que está errado e colocar cada coisa no seu lugar.

Então tente aplicar o conceito de pirâmide, usando favores no lugar de dinheiro. Realize três favores, a três pessoas distintas, e que esses três favores fossem transformados em outros três favores de cada uma dessas pessoas e que tudo isso se desenrole em mais outros três assim por diante, e que não sejam simples favores como abrir a porta para ou dar preferência para alguma pessoa na fila do banco. Algo importante, algo especial mesmo.

Você pode disser que é idiota por parecer simples demais, mas não se engane, as coisas que demandam de atos simples são as mais complicadas de surtirem de imediato o efeito que esperamos. No entanto, é possível!

Então tente! Escolha três pessoas e faça algo por elas. Depois as diga que a forma de agradecer é escolhendo outras três pessoas e dar continuidade a essa corrente do bem. O mundo é redondo e dá voltas e como dizia o velho ditado popular: “tudo que plantamos…”

Não custa nada tentar!

SINOPSE

Eugene Simonet (Kevin Spacey), um professor de Estudos Sociais, faz um desafio aos seus alunos em uma de suas aulas: que eles criem algo que possa mudar o mundo. Trevor McKinney (Haley Joel Osment), um de seus alunos e incentivado pelo desafio do professor, cria um novo jogo, chamado “pay it forward”, em que a cada favor que recebe você retribui a três outras pessoas. Surpreendentemente, a idéia funciona, ajudando o próprio Eugene a se desvencilhar de segredos do passado e também a mãe de Trevor, Arlene (Helen Hunt), a encontrar um novo sentido em sua vida.

Anúncios

Forrest Gump, O Contador De Histórias (1994)

ForrestGump

Já faz algum tempo a ultima vez em que pude me sentar na sala, ligar a TV e assistir um dos clássicos da “Sessão da Tarde”, mas consigo me lembrar de um dos preferidos. “Forrest Gump, o Contador de historia”.

Realmente não me recordava muito do filme. São duas horas que para uma criança é visto como uma divertida comedia, a historia de um homem idiota e suas aventuras inacreditáveis. No entanto é incrível como um filme visto em épocas diferentes pode ter um efeito diferente. Foi o que aconteceu comigo.

Foi como assistir algo novo, inédito e esquecer o final, como acaba ou continua. Realmente emocionante.

Tom Hanks nós emociona no mais desafiador papel de sua vida, transmitir inúmeras emoções sobre o véu sempre constante de Forrest. Alem dos atores que viriam ser grandes atros do cinema na atualidade, se destacando em papeis lindo durante o “Contador de Historias” como Haley Joel Osment ,Robin Wright Penn e Gary Sinise. Realmente, os inúmeros oscars e prêmios por essa obra prima foram merecidos.

Hoje, caso encontrasse com meu “eu” infantil eu diria a ele: “idiota é aquele que faz idiotice!”.

Sinopse

Quarenta anos da história dos Estados Unidos, vistos pelos olhos de Forrest Gump (Tom Hanks), um rapaz com QI abaixo da média que, por obra do acaso, consegue participar de momentos cruciais, como a Guerra do Vietnã e Watergate.